icon (72)

Evoluções da Tecnologia ODI

Escrito por Leonardo Moura
 em 19 de fevereiro de 2019

Continuando nosso artigo sobre ODI – Oracle Data Integrator 12, na última postagem, comentei que a ferramenta está em constante evolução, e que podemos esperar, ainda, muitas melhorias por parte da Oracle para os próximos anos. Nesta segunda etapa, então, vamos detalhar e exemplificar algumas mudanças significativas na ferramenta, que supriram muitas necessidades dos desenvolvedores e do próprio mercado.

Confira a última postagem aqui.

FLOW-BASED CONCEPT

Uma das grandes mudanças no ODI 12c foi a introdução do conceito de fluxo (flow-based) nos mapeamentos (mappings – sucessores das antigas interfaces no 11g). Os fluxos são desenhados de uma forma simples, de entendimento acessível a qualquer desenvolvedor que for utilizá-los, além de permitir múltiplos destinos na mesma carga de dados (eliminando as chamadas interfaces amarelas do ODI 11g).

MELHORIAS IDE

A ferramenta “client” do Oracle Data Integrator Studio foi redesenhada nesta versão para melhorar a experiência do usuário e aumentar produtividade. Além da inclusão de novos componentes que facilitam cada vez mais o processo do desenvolvedor.

INTEGRAÇÃO ORACLE GOLDEN GATE

Agora também é possível configurar o Oracle GoldenGate, que é uma ferramenta para replicação de dados, como uma fonte para o Change Data Capture (CDC). Os sistemas de origem e destino do Oracle Golden Gate agora estão configurados como servidores de dados no módulo de topologia.

Oracle Data Integrator Changed Data Capture (CDC) são ativados nas tabelas de origem usando os KM’s “JKM <database> to Oracle Consistent (OGG Online)” ou “JKM <database> to Teradata Consistent (OGG Online)”.

Os “extracts” e “replicats” são representados por esquemas físicos e lógicos, permitindo a configuração separada para múltiplos contextos, seguindo a abrangente filosofia em torno de contextos.

CLOUD, BIG DATA X ODI

Hoje em dia se fala muito em Cloud e Big Data, e, nestes pontos, a Oracle investiu bastante para deixar o ODI altamente competitivo. Entrando um pouco mais na parte de Big Data, o Oracle Data Integrator 12c suporta nativamente Hadoop MapReduce. Desenvolver uma tarefa utilizando MapReduce exige conhecimento avançado em programação. Dentro da ferramenta ODI é possível utilizar linguagens mais simples como Apache Hive e o Hive Query Language (HiveQL), uma linguagem semelhante à SQL, facilitando o trabalho do desenvolvedor.

Tudo isso aliado às demais funcionalidades do ODI, como validações de campos, chaves, tratamentos de dados, filtros, agregações etc. A última versão do ODI agora suporta Spark Streaming, trabalhando com fluxo de dados de diferentes tecnologias como Apache Kafka e Cassandra.

Também temos vários aprimoramentos envolvendo KM’s (módulos de conhecimento) do Spark, como melhorias em performance e facilidade de utilização de códigos escritos à mão. Também são suportados Apache Spark 2.x, como Dataframes.

LIFECYCLE MANAGEMENT

Outra melhoria que veio ao encontro do que os desenvolvedores esperavam desde a versão 11g, é o que chamamos de “Lifecycle Management”. Controlar versão e fazer merge de trabalhos ODI com vários desenvolvedores ao mesmo tempo não era uma tarefa fácil. Já no 12c, além do Apache Subversion, o Oracle Data Integrator agora também suporta o Git para controle de versão.

Além de poder verificar facilmente todas as alterações efetuadas, a ferramenta também facilita e automatiza o trabalho de “merge”.

Levando em consideração essas novas características do ODI 12C, podemos concluir que a Oracle está empenhada em desenvolver e atualizar esta já poderosa ferramenta. Utilizam-se agora as principais tendências tecnológicas de mercado e negócio, através de integrações com sistemas de controle de versão como o Git e de replicação de dados como o Golden Gate, além de otimizar o trabalho em Cloud e com Big Data.

Conforme descrito anteriormente, outras novidades foram implementadas nessa versão e podem ser consultadas na documentação completa: https://docs.oracle.com/middleware/12212/odi/index.html

Acompanhe nosso blog para saber mais.

Por Leonardo Moura, Analista de Sistemas na DBC Company

leonardo.moura@dbccompany.com.br

Quer saber mais? Fique ligado que logo tem artigo novo no Blog DBC.
E quer fazer parte do nosso time? #VemPraDBC

Confira nossas vagas em: https://dbc.compleo.com.br/

#DBCCompany #ConstruindoUmFuturoDigital #VagasTi

por Leonardo Moura Analista de Sistemas
Menu - DBC Company

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter

Deixe um comentário!

E participe da conversa.

Veja Também

Ferramentas de automação tendências para 2021
Olá, tudo bem? É a minha primeira vez escrevendo aqui no nosso blog, então vou iniciar esse post me apresentando. Meu nome...
Modelagem Dimensional – Star Schema e Snowflake Schema
Agora que já aprendemos os conceitos básicos da modelagem dimensional, no artigo “Introdução à Modelagem Dimensional”, podemos nos aprofundar no tema, abordando...