Foto destaque

Minha trajetória no Vem Ser DBC

Escrito por Evelin Fausto
 em 22 de outubro de 2020

Alguns anos atrás conversando com um amigo sobre como era desenvolvido os sites, sistemas e jogos, acabei me interessando e me apaixonando por essa profissão e falei para mim mesma: EU QUERO APRENDER MAIS! Entrei na faculdade e depois de alguns meses um grande amigo que também entrou para o universo da TI, mas na época estava começando assim como eu, me apresentou o projeto Vem Ser DBC – Programa de Capacitação da DBC Company, idealizado para quem está querendo ingressar na profissão. Eu ainda não sabia, mas naquele momento começou a minha história com a DBC e a minha trajetória profissional como programadora.

Se eu pudesse escolher uma palavra para descrever essa história, essa palavra seria: DETERMINAÇÃO. Essa história que começou em 2018, quando eu e meu amigo nos inscrevemos pela primeira vez para participar do Vem Ser, nos inscrevemos, participamos da seleção, mas infelizmente eu não fui selecionada. Meu amigo sim. Confesso que fiquei triste, mas não desisti. Continuei estudando e determinada a vencer essa batalha.

Quando abriu as inscrições para a seleção de uma nova turma do Vem Ser, eu disse para mim mesma que dessa vez eu ia conseguir. Fiz a minha inscrição online, passei para a etapa da prova de lógica de programação, participei da avaliação psicológica e passei para a entrevista presencial. Dali em diante, só faltaria uma ligação. Nunca vou esquecer o dia lindo de sol que estava, um céu azul sem nenhuma nuvem,  enquanto estudava, meu telefone tocou.

– Olá, Evelin?

– Sim, ela mesma!

– Tudo bem? Aqui é a Tuanni da DBC Company.

Nesse momento meu sorriso abriu de orelha a orelha, um sentimento de felicidade que veio à tona. Sabia que aquela ligação ia mudar tudo! Minha vontade era sair gritando pela rua quando a minha ficha caiu: aquele sonho estava virando realidade.

Primeiro dia de aula, aquele momento “esquisito” de conhecer meus colegas! Na turma tinha 17 alunos e apenas duas mulheres. Na hora, sentei ao lado da minha colega, conversamos e combinamos de nos ajudar durante todo o projeto, pois éramos mulheres e seríamos as melhores da turma e provar que o universo de Tecnologia também é para mulheres. Na primeira semana ela desistiu. Sim, ela desistiu! E eu só pensava como ia aguentar passar por tudo sozinha, sendo a única mulher da turma. Naquele momento eu pensei em desistir e me questionei diversas vezes: Será que esse é o meu lugar? O que eu estou fazendo aqui?

O fato de ter somente colegas homens me deixava apreensiva. Mas foi então que eu disse não para esse medo e decidi que não ia desistir. Acreditava na minha capacidade e na minha inteligência, tanto quanto eles.

O curso tem duração de 12 semanas, 4 horas diárias, todos os dias. As semanas foram passando e foram muitos os aprendizados. Muitas coisas novas que eu nem sabia que existiam. Nosso instrutor sempre muito atencioso e disposto a tirar todas as dúvidas me ajudou muito durante o percurso, mas confesso que pensei várias vezes que não ia conseguir.

Foi então que veio o projeto final! A turma foi dividida em 4 times e cada time receberia um desafio. O meu time tinha que desenvolver o novo site de inscrição do Vem Ser DBC para as próximas turmas. E a experiência não poderia ter sido mais sensacional! No momento que separamos os times e passaram as tarefas que deveríamos realizar, pensei que eu não saberia nada, que não ia poder apoiar meus colegas, que seria um momento apenas de marcar presença. Mas aí que eu me enganei! Todo o nosso time, o FIFA (Sim, o nome do nosso time era Fifa, ou ao mesmo as senhas de BD e de todo resto hehehehe), nos dedicamos muito, trabalhamos nos finais de semana e no último dia, quando o prazo estava quase esgotado, conseguimos concluir passado da meia noite. Durante o desenvolvimento eu escutei de tudo dos meus colegas: Mulheres, namoradas, futebol, séries (Na época só se falava de DARK), ouvi até que os homens conseguem ficar sem banho (não vou entregar ninguém… hahaha). Foram dias difíceis, mas ao mesmo tempo muito importantes para a minha vida profissional e pessoal.

No dia da apresentação do projeto, diante de todos os colegas, diretores da DBC, nosso professor e alguns colegas da empresa, meus amigos: HAJA CORAÇÃO! Quanto nervosismo! Mas meu time, sem falsa modéstia, foi impecável! (Mesmo fazendo o deploy no último minuto, mas isso ninguém conta). A apresentação foi show! Tudo certo! Conseguimos! EU CONSEGUI!

Formatura Vem Ser DBC

A partir desse momento, veio outro medo. Será que vou ficar na DBC? Sabia que o objetivo do programa era capacitar alunos para saírem empregados, mas será que eu consegui fazer tudo certo? Será que vou conseguir meu primeiro emprego?

E a resposta foi SIM. Todos nós fomos contratados! A turma toda foi um sucesso!

Por fim, os desafios agora seriam outros. Iniciei meu primeiro dia de trabalho oficial, como uma colaboradora DBC em um projeto fantástico, de um cliente muito especial para mim e para a empresa. O projeto já estava em andamento e fui muito bem recebida pela minha Gestora Márcia Scheid, pelos meus colegas de equipe e pelo meu padrinho Gustavo Vidaletti, que me recebeu com presente, me apoiou demais no início e até hoje me ajuda muito. Todos os alunos que passam no Vem Ser, quando entram em um projeto de cliente, ganhamos um padrinho que nos orienta, guia nossos primeiros passos e nos dá o suporte necessário.

Meu time!

Em outubro de 2020 eu completei 1 ano na DBC. E olhando para trás, eu percebo que mesmo lá no início quando tudo parecia impossível, as dificuldades eram muitas e das mais diversas, bastou apenas muita determinação e vontade da minha parte. Claro que não foi fácil, eu estudei muito, perseverei, acreditei muito em mim e batalhei para conseguir conquistar meu lugar na DBC. Mas hoje estou trabalhando em um projeto fantástico e estou vivendo um pico de conhecimento e crescimento com todos meus colegas, que hoje se tornaram meus grandes amigos. Eu só posso agradecer por todos que fazem parte dessa minha trajetória e que a minha história possa inspirar futuros colegas do Vem Ser.

NÃO DESISTA! LEMBRE SEMPRE QUE VC É CAPAZ, QUE A ÚNICA PESSOA QUE PODE TE IMPEDIR DE CONSEGUIR É VC MESMO!

E o mais importante: Logo vai abrir as inscrições para a próxima turma do Vem Ser e se posso dar um conselho para todos que querem iniciar na profissão é: participem! Quem sabe nos encontramos pelos corredores e tomamos um café juntos?

Quer fazer parte do nosso time? #VemPraDBC

Confira nossas vagas em: https://dbc.compleo.com.br/

por Evelin Fausto Desenvolvedora de Sistemas
Menu - DBC Company

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter

Este post tem 7 comentários

  1. Márcia Santos

    Sensacional Evelin, é possível sentir toda sua energia neste artigo, Sucesso para você!!! … e parabéns a DBC Company!!!

  2. Zaira

    Parabéns menina grande, você lutou, conquistou e conseguiu!!!
    Eis muito merecedora…
    Sua irmã tem orgulho…

  3. Giovani Martini

    Parabéns Evelin!
    Nem preciso dizer que é um prazer trabalhar com contigo!
    Sabe muito! E quando não sabe, corre atrás e resolve a parada!
    Grande abraço.

  4. Anderson

    Tu é o resultado das tuas escolhas e do teu esforço.
    Parabéns!

  5. Edgar Serrano

    Evelin, fico muito feliz por saber que o nosso projeto VemSerDBC esteja gerando bons resultados como o teu. O sucesso neste caso depende dos dois lados. O curso tem de ser bom e o profissional fazer sua parte estudando e se dedicando. Teu empenho gerou resultados. Parabéns. Com Força e Determinação continuarás crescendo e construindo o teu promissor futuro. Conte sempre conosco. Abraço, Edgar.

  6. Lisandra Compani

    Parabéns pelo lindo depoimento, deu pra sentir a tua energia nesse processo todo! Sucesso sempre em tudo que você escolher fazer!
    Abraços

  7. Lisandro jacobus

    Demais o depoimento. Parabéns “guria”, sua jornada está apenas comecando e com essa vontade, determinação e empenho, nem me atrevo arriscar a falar sobre o que te espera à frente, só coisas boas com certeza.Feliz em saber que a DBC conseguiu proporcionar esse caminho inicial. Espero para ler o teu depoimento de 10 anos de DBC.. 😉

Deixe um comentário!

E participe da conversa.

Veja Também

O ano para ser lembrado
Há quem queira riscar 2020 do calendário, categorizá-lo como “perdido”, ou ainda lembrar como o ano da pandemia. Economicamente falando, alguns setores foram castigados duramente, mas...
Ferramentas de automação tendências para 2021
Olá, tudo bem? É a minha primeira vez escrevendo aqui no nosso blog, então vou iniciar esse post me apresentando. Meu nome...